bandeira vermelha

Mapa definitivo mantém 15 regiões em bandeira vermelha

O Rio Grande do Sul encerrará o ano de 2020 com 15 regiões em bandeira vermelha e seis em laranja no mapa definitivo da 34ª rodada do Distanciamento Controlado, divulgado na tarde desta segunda-feira. O Gabinete de Crise rejeitou os recursos enviados por Passo Fundo e pelo município de Cachoeirinha, que solicitaram a permanência em bandeira laranja.

Mapa definitivo mantém 18 regiões na cor vermelha, duas pretas e uma laranja

As regiões de Bagé e Pelotas ficarão na bandeira preta na 32ª rodada do Distanciamento Controlado, conforme divulgou o governo do Rio Grande do Sul na tarde desta segunda-feira. O Gabinete de Crise indeferiu todos os pedidos de reconsideração feitos por associações regionais e municípios principalmente devido à constante redução de leitos de UTI livres..

Governo mantém 98% da população sob as regras da bandeira vermelha

Devido à elevação de casos confirmados e de hospitalizações em UTI de pacientes com coronavírus, o Rio Grande do Sul terá 20 regiões em bandeira vermelha — ou seja, com alto risco de contágio e transmissão do coronavírus nesta semana de dezembro. O mapa do distanciamento controlado foi divulgado pelo governo estadual na tarde desta.

A partir de hoje regras da bandeira vermelha devem ser seguidas

Nesta segunda-feira, dia 30, o Governador Eduardo Leite alterou o protocolo de distanciamento controlado em consequência do aumento no número de casos de coronavírus no RS. Uma das alterações é a que suspende temporariamente a cogestão, sistema que permite que as regiões definam restrições mais leves. A partir de agora, as regiões em bandeira vermelha.

Em bandeira vermelha, região de Santo Ângelo protocola pedido de reconsideração

Na rodada em que o modelo de Distanciamento Controlado completa seis meses de vigência, o Rio Grande do Sul volta a ter regiões com alto risco epidemiológico e, também, com baixo risco. O 27º mapa preliminar, divulgado nesta sexta-feira (6/11), traz o Estado pintado em três cores. Três regiões em bandeira vermelha (risco alto), 16.

Região de Santo Ângelo permanece em bandeira vermelha

O mapa definitivo do modelo de Distanciamento Controlado chega à 20ª rodada com quatro regiões em bandeira vermelha (risco epidemiológico alto), depois da análise dos oito recursos enviados por associações de municípios e regiões. As outras 17 regiões estão classificadas em bandeira laranja (risco epidemiológico médio). As regiões de Novo Hamburgo, Santo Ângelo e Cruz.

Região de Santo Ângelo entra novamente sob a restrição da bandeira vermelha

Nesta semana, em um mapa preliminar, o Rio Grande do Sul foi praticamente pintado com a bandeira vermelha. Das 20 regiões, apenas duas estão com bandeira laranja, as outras, todas, com bandeira vermelha, ou seja, com alto risco para a Covid-19. Nesta semana, apenas Bagé e Pelotas registraram risco médio da doença.  Além de Porto.

Região de Santo Ângelo é classificada com a cor vermelha no distanciamento controlado

75% do Estado está pintado com a cor vermelha. 15 das 20 regiões estão sob o risco, de na próxima semana, observar medidas mais restritivas, e mais prejudiciais ao comércio, tendo que novamente os estabelecimentos que vendem ou que prestam serviços não essenciais, se verem obrigados a fechar as portas para o público. Além de.