Operação Android cumpre mandado de prisão preventiva no Presídio Estadual de São Borja

Operação Android cumpre mandado de prisão preventiva no Presídio Estadual de São Borja

Foto: Eduardo Belmonte/ESBC

Na manhã desta quinta-feira, dia 15, a Polícia Civil deflagrou a Operação Android, cumprindo 25 mandados de prisão preventivas na Cadeia Pública de Porto Alegre, nas penitenciárias Estadual Jair Fiorin de Montenegro e Modulada de Ijuí, e nos Presídios Estaduais de Carazinho, Cruz Alta, São Borja, São Luiz Gonzaga e Três Passos.

O cumprimento dos mandados é o fechamento de uma longa e ampla investigação que se iniciou em meados de 2017, a partir da Delegacia de Polícia Regional de Três Passos. A operação foi concebida para desmantelar ações de tráfico de drogas e crimes conexos praticadas em toda a Região Celeiro por indivíduos integrantes de organização criminosa comandada do interior de Casas Prisionais, onde se encontram recolhidos seus principais líderes.

O chefe de segurança do Presídio Estadual de São Borja, Jairo Hartmann, afirmou que cumpriu o mandado de prisão do apenado Daniel da Veiga Faustino, de 35 anos. Ele é investigado pela Polícia Civil de Santo Augusto por integrar uma organização criminosa.

Comentários