#nenhumaamenos Campanha no combate à violência contra mulher é lançada em São Borja

#nenhumaamenos Campanha no combate à violência contra mulher é lançada em São Borja

O dia 08 de março é comemorado o Dia Internacional da Mulher, data que frisa a importância da mulher na sociedade e a história da luta pelos seus direitos. Neste ano, o programa da rádio Fronteira, Voz de Mulher, fez o lançamento  da campanha “Nenhuma a Menos – São Borja/RS”. O movimento tem o objetivo de erradicar a violência contra a mulher no município. Nos dois primeiros meses deste 2021, cinco vidas femininas foram ceifadas. Sendo que, três desses casos, se trata de feminicídio, e dois deles já foram denunciados pelo Ministério Público do Rio Grande do Sul.

            Os dados do Observatório Estadual de Segurança Pública, relativos a janeiro deste ano, por exemplo, apresentam 5. 151 (cinco mil cento e cinquenta e um) registros de boletins de violência contra mulher.

            A campanha acontece nas páginas digitais do Programa Voz de Mulher, no Facebooke no Instagram.  A partir da indignação com o aumento situações de violência contra a mulher, na cidade, a campanha incentiva o uso da hashtag #nenhumaamenos nas mídias sociais digitais para que todo o conteúdo de manifestação fique identificado em apenas um local e apresente a força do movimento.

            Para a Advogada e apresentadora do Voz de Mulher, Lisiani Scalco, o movimento precisa da adesão da comunidade são-borjense para ganhar força. “A luta só terá sentido se chegar no coração das pessoas de forma empática, se cada um e cada uma que se indigna com o alto índice de violência contra a mulher, efetivamente se manifestar”, afirma. 

            O movimento tem o apoio de Intituições e Organizações da cidade. São parceiros do Nenhuma a Menos: a Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA), Instituto Federal Farroupilha (IFFar), Nugedis, Subseção da OAB de São Borja, Comissão da Mulher Advogada Subseção da OAB de São Borja,  Prefeitura Municipal de São Borja, Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, Secretaria Municipal da Saúde, Câmara de Vereadores, Brigada Militar RS/2º Batalhão de Policiamento de Área de Fronteira,  Polícia Civil RS, Delegacia de Polícia Civil- 1º Delegacia de São Borja,  Defensoria Pública do Estado do Rio Grande do Sul, Ministério Público Estadual, ONG Girassol Amigos da Diversidade e Coletivo Feminino Elas por Elas São Borja. Além disso, conta com o apoio de empresas locais: Empresa São-borjense de Comunicações, Ale Xerox, Tchêlevo Mobilidade Urbana, Madeireira Chapecó e Luisa Canecas.

            Entre os principais objetivos da campanha estão a reflexão sobre a cultura do patriarcado e do sexismo na fronteira que reforça a reprodução do fenômeno da violência e a promoção de ações educacionais formais e não formais de prevenção à violência.

            Acompanhe o Programa Voz de Mulher nas redes sociais para conferir as ações de conscientização realizadas e os vídeos das Instituições parceiras.

Mídias Sociais Digitais

FaceBook: Programa Voz de Mulher

Instagram: @programavozdemulher

Comentários