São Borja seguirá decreto de bandeira vermelha instituído pelo Governo Estadual

São Borja seguirá decreto de bandeira vermelha instituído pelo Governo Estadual

Foto: Gelci Saraiva/FSB

Nesta terça-feira, 23, após a reunião do Comitê de Gestão de Crise em relação à Covid na segunda, foi decidido que São Borja seguirá o mesmo protocolo do Estado, obedecendo o decreto do governador Eduardo Leite. Desta forma, o funcionamento de estabelecimentos comerciais como lojas, restaurantes, bares e pubs será até as 20hs presencialmente, obedecendo os protocolos de distanciamento, uso de máscara e álcool gel, assim como o limite de público reduzido. Após esse horário, será permitida apenas a modalidade de tele-entrega. O atendimento presencial destes estabelecimentos fica vedado até às 5h da manhã. 

As distribuidoras de bebidas, bares e restaurantes também não poderão realizar a venda no balcão no sistema pegue e leve, sendo permitido somente a tele-entrega. Também não são permitidas festas, reuniões, eventos, filas e aglomerações de pessoas. O decreto é válido até o dia 2 de março. Estão aptos a funcionar, farmácias, ambulatórios, hospitais e clínicas médicas, postos de combustíveis, hotéis e similares e centros agropecuários, veterinários ou de atendimento a animais em cativeiro. 

A medida é para frear o aumento de casos de Covid no município. Da última sexta-feira, 19 até esta terça-feira, dia 23, foram 196 novas confirmações da doença e mais dois óbitos. O sistema de saúde também está atingindo a capacidade máxima, estando 49 pessoas em leitos Covid no Hospital Ivan Goulart, mais dez pessoas em CTI fora do município. 

Comentários