Primeira habilitação fica mais cara a partir deste mês

Primeira habilitação fica mais cara a partir deste mês

A carteira de motorista está mais cara a partir deste mês. Entrou em vigor, na última segunda-feira (1º), os novos valores de emissão da primeira habilitação, renovação, expedição de documentos de condutores e veículos, entre outras taxas administradas pelo Detran. Essas taxas seguem a correção da Unidade de Padrão Fiscal, que ficou em 4,23%, cuja base é a variação do Índice Nacional de Preços do Consumidor Amplo Especial.

O valor para tirar a primeira habilitação na categoria B, ou seja, carro, passou por aumento no preço em R$ 187,60, passando de R$ 2.270,76 para R$ 2.458,36, enquanto a renovação do documento aumentou em R$ 18,61, passando de R$ 223,91 para R$ 242,52, com expedição CNH, exame médico e taxa de renovação. Idosos acima de 65 anos ganham desconto de 40% e pagam R$ 145,50.

Confira a baixo os novos valores da primeira habilitação:

Categoria A (moto): R$ 2.111,54

Categoria B (carro): R$ 2.458,36

Categoria AB (carro e moto): R$ 3.906,99

Categoria ACCB (ciclomotor e carro): R$ 3.157,87.

Comentários