3560 doses de vacina contra a Covid-19 são esperadas na 12ª Coordenadoria Regional de Saúde

3560 doses de vacina contra a Covid-19 são esperadas na 12ª Coordenadoria Regional de Saúde

Foto: Felipe Dalla Valle/ Palácio Piratini
Um lote de 341,8 mil unidades deverá beneficiar todos os 497 municípios do Rio Grande do Sul nesta primeira etapa da vacinação contra a Covid-19. Neste primeiro momento, serão enviadas a metade das doses, para garantir a segunda dose a todos os que receberão a vacina, em cerca de duas ou três semanas. A vacinação iniciou ainda nesta segunda-feira, 18, por volta das 23h45, em ato simbólico com a presença do governador Eduardo Leite e da secretária estadual de saúde Arita Bergman, onde cinco pacientes, um de cada grupo prioritário, foram vacinados. 

Segundo o coordenador da 12ª Coordenadoria Regional de Saúde, Yuri Sommer, em entrevista às rádios Fronteira FM e Cultura AM, as doses da CoronaVac deverão chegar em Santo Ângelo via aérea, pelo Aeroporto Regional Sepé Tiarajú, nesta terça-feira, 19. “É um dia muito aguardado por todos, nós estamos desde o início da pandemia esperando por esta notícia. As vacinas devem chegar pela parte da tarde, dentro da logística do Estado, porém, cada município vai fazer sua própria logística e organização para início da vacinação”, afirmou. Nesta manhã, os secretários de saúde dos municípios que integram a Região das Missões estão em reunião para acertar os detalhes e recebimento das vacinas.

Número de doses para a região

O quantitativo de vacinas que vai chegar é pequeno para a grande parcela da população. Num primeiro momento, o imunizante será disponibilizado para um público específico. Apesar de ser um número pequeno, os grupos estão bem definidos. A Região deve vacinar 561 pessoas acima dos 75 anos em lar temporário, 122 indígenas que se encontram em sua maioria em Santo  Ângelo e São Miguel, e  2725 profissionais de saúde que estão na linha de frente do enfrentamento à Covid, representando cerca de 34% dos trabalhadores da saúde da Região das Missões. 

Vacinação

De acordo com o Coordenador, a vacinação provavelmente acontecerá a partir desta quarta-feira, dia 20, mas cada município tem competência para definir a melhor data para o início da aplicação das doses.

Ocupação hospitalar

Na avaliação de Sommer, os meses de novembro e dezembro foram os piores meses da pandemia, mas apesar do grave quadro, foi possível evitar a lotação das UTIs. “Estivemos com uma ocupação de 70% a 80% de ocupação dos leitos. Muitas pessoas perderam parentes e amigos e isso é muito triste”, lamenta. Atualmente, a Região 11 conta com 43 leitos  de UTIs, número que foi praticamente dobrado desde o início da pandemia.

Comentários