Período de matrículas nas escolas municipais termina nesta quarta-feira, dia 30

Período de matrículas nas escolas municipais termina nesta quarta-feira, dia 30

Após cancelar cronograma inicial, em função de decreto definindo restrições devido a pandemia da Covid-19, a Secretaria Municipal de Educação (SMEd) divulga novo calendário de matrículas nas escolas municipais para o ano letivo de 2021.

De acordo com decreto municipal, o novo cronograma será entre 28 e 30 de dezembro. O retorno escolar está previsto para o dia 18 de fevereiro, na dependência, porém, da evolução da pandemia.

A diretora Pedagógica da SMEd, Lourdes Balbueno, no exercício do cargo de secretária de Educação, ressalta que as matrículas no início da próxima semana visam definir logo o número de vagas nas escolas, permitindo também eventuais ajustes no quadro de professores. Para as matrículas, as escolas definem horários de atendimento, mas respeitando o distanciamento social. A fase de inscrições visando vagas nas escolas foi de 1º a 04 de dezembro, tanto para Educação Infantil, Ensino Fundamental e Educação de Jovens e Adultos (EJA).

Orientações aos pais

As creches, na Educação Infantil, receberão crianças até os três anos (Berçário I e II) e Maternal (I e II). Já as turmas de Pré-escola (I e II), também na Educação Infantil, serão para crianças de quatro e cinco anos. A idade deve ser considerada até março de 2021.

O Ensino Fundamental será oferecido do 1º ao 9º ano. Para ingressar no 1º ano a criança tem de completar seis anos de idade até 31 de março de 2021. Somente poderão frequentar as escolas do campo os alunos moradores em áreas rurais. O número de vagas em cada escola – urbana ou rural – será de acordo com a capacidade do estabelecimento. A ocupação da vaga será por ordem de solicitação.

No ato da matrícula, em todas as modalidades de ensino oferecidas, é preciso apresentar documento com foto de identificação do aluno, foto 3×4, documento dos responsáveis pelo estudante, cartão do SUS e atestado de vacina fornecido pela Central de Vacina ou uma ESF. Se houver cadastro no Bolsa Família é necessário comprovante e, se for o caso, também documento se a criança tem necessidades educacionais especiais. De todos os documentos, é preciso apresentar original e cópia na hora da matrícula.

Escolas Municipais

São 30 escolas na rede municipal em São Borja – 19 de Ensino Fundamental e 11 de Educação Infantil. Nas escolas Vicente Goulart e Ubaldo Sorrilha da Costa funcionam turmas de Educação de Jovens e Adultos. A expectativa é de que no próximo ano possa entrar em funcionamento a nova escola de Educação Infantil, atualmente em construção no bairro Maria do Carmo.

Coronavírus

A prevenção ao Coronavírus continua sendo uma das preocupações centrais. A SMEd adquiriu 11 mil máscaras – duas por aluno – além de uma boa quantidade de álcool em gel. Nas escolas está sendo montado outros meios de higienização e desinfecção. Não se descarta que, pelo menos na fase inicial, sejam ministradas atividades híbridas – presenciais e à distância – nas escolas.

Comentários