Vacina russa contra Covid-19 poderá ser produzida no Brasil em dezembro

Vacina russa contra Covid-19 poderá ser produzida no Brasil em dezembro

A vacina contra a covid-19 desenvolvida pela Rússia, a Sputinik V, será produzida no Brasil a partir de dezembro. O anúncio foi feito nesta segunda-feira (19/10) pelo diretor-geral do Fundo Russo de Investimentos Diretos (RFPI), Kirill Dmitriev. Para isso, o Instituto Nikolai Gamaleia estabeleceu protocolo de transferência acelerada de tecnologia para permitir a produção em larga escala no Brasil, cujo laboratório responsável será o União Química, com sede em São Paulo.

Atualmente, a Sputinik V está na terceira fase de testes e tem dados resultados positivos. Até agora, 16 mil voluntários já receberam o imunizante “Estamos vendo mais de 200 milhões de doses que podem ir à América Latina”, destacou Dmitriev. Além do Brasil, Argentina, México, Uruguai e Chile devem firmar acordos para produzir a vacina, que também será fabricada em países como Índia, China e Coreia do Sul.

Cientistas russos apresentados pela RFPI defendem a disponibilidade de mais uma opção de vacina para cada país. Por aqui, o país também testa vacinas dos laboratórios Sinovac, da China, AstraZeneca, do Reino Unido, Pfizer e Johnson&Johnson, dos Estados Unidos. Para a Sputinik V passar a ser aplicada em pessoas no Brasil, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) ainda precisa aprovar os resultados obtidos até agora pelas pesquisas.

Fonte: Correio Braziliense

Crédito: YASIN AKGUL / AFP

Comentários