Cartório Eleitoral de São Borja informa mudanças para eleições municipais de 2020

Cartório Eleitoral de São Borja informa mudanças para eleições municipais de 2020

Peça fundamental para o pleito eleitoral, o Cartório Eleitoral de São Borja vem fazendo um trabalho intenso para a realização das eleições municipais de 2020. Em um ano atípico, as práticas de costume, como registro de candidaturas, tiveram de ser feitas de forma remota, além de outras atividades, o servidor Marcelo Soares comentou em entrevista a respeito dos trabalhos executados pelo cartório.

“Todas as atividades começam a ficar mais intensas com a proximidade do pleito, principalmente pelas candidaturas e também pela questão dos mesários, organização dos locais, e existem bastante novidades este ano”, comenta. A definição por parte do Tribunal Superior Eleitoral da nova data, 15 de novembro, intensificou o trabalho de preparação de um ambiente que será diferente. O trabalho de registro de candidaturas no cartório já foi feito de forma remota. Teve que haver um remanejamento nacional. O servidor comentou que muitas equalizações nas seções eleitorais tiveram de ser feitas.

Uma das alterações deste ano, é que urnas foram entregues a outros tribunais, sendo necessário uma redistribuição em alguns locais dos eleitores de algumas seções nas restantes. Por exemplo, um local que tinha 10 urnas e 10 seções, ficará com oito seções e oito urnas, ou seja, os eleitores serão redistribuídos no mesmo local para reduzir o número de urnas no dia da eleição. Caberá aos auxiliares de divulgação informar as pessoas para quais seções foram redistribuídas. Ao todo, em São Borja, alguns locais tiveram que ser redistribuídos. Na cidade, receberão eleitores a mais, o Centro Nativista Boitatá, Arneldo Matter, Padre Francisco Garcia, Aparício Mariense, Duque de Caxias, Olavo Bilac, Instituto Federal Farroupilha, Sociedade Espírita Ferreira de Moraes, Colégio Adventista, Apae, e no interior, Militina Alvarez.

Essas informações demandam uma maior atenção, tanto do cartório, como dos eleitores. A identificação da seção em que o eleitor vota, será orientada na hora onde está a sua realocação e equalização. “Quando o eleitor chegar ao local, vai se dirigir até a mesa originária dele e a informação sobre onde ele irá votar, por exemplo, será repassada pela orientação”, afirma o servidor. É orientado também que os eleitores baixem o título de eleitor digital, disponível para celular, além do título em papel. O aplicativo E-título pode ser baixado pela loja do Google ou da Apple gratuitamente. O eleitor encontra no App uma série de serviços, como quitação eleitoral, gerar eventuais multas no cadastro e obter o local de votação atualizado.

Eleição

  • O horário de votação será das 7h as 17h. Eleitores com idade acima de 60 anos, terão preferência para votar no horário das 7h às 10h da manhã.
  • O título em papel não é obrigatório, sendo necessário para votar um documento com foto;
  • Obrigatório o uso de máscara;
  • É orientado para que os eleitores levem uma caneta de casa;

Mesários

A convocação dos mesários está sendo feita pelo WhatsApp. Os números oficiais do Cartório Eleitoral de São Borja, para os convocados não ficarem desconfiados de golpe, são o 55 996627060 e 55 996614360.

Mudança de locais

O Colégio Sagrado Coração de Jesus passou para a Sociedade Espírita Ferreira de Moraes, a Prefeitura passou para a Apae e o CESB passou para o Colégio Adventista. As mudanças de locais de votação podem ser pesquisadas no site oficial do TRE.

Comentários